Categoria "Livros"

Desafio As Crônicas de Nárnia – Parte II (E Resultado!)

Em 08.01.2014   Categoria: Livros

No início do ano passado, eu e a Babi resolvemos fazer um desafio: ler todas as Crônicas de Nárnia durante o ano de 2013 e resenhar todas elas, uma em cada mês. Resultado? Não conseguimos fazer muita coisa… Por isso acabamos trazendo o desafio para 2014, para que pudéssemos terminar de ler o livro este ano.

Crônicas de Nárnia

Ainda no ano passado, deixamos um formulário para que todos que quisessem participar incluíssem suas resenhas. Também prometemos sortear alguns brindes, e assim fizemos!

A Márcia receberá, em breve, alguns envelopes com vários brindes que separamos.

Este ano, continuaremos da mesma forma, lendo e resenhando uma das Crônicas de Nárnia por mês. Em 2013, eu não consegui resenhar nenhuma das crônicas; já a Babi conseguiu duas e vocês podem conferir no blog dela (O Sobrinho do Mago e O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa). Já esse ano, sem toda a loucura da faculdade e tudo mais, tenho certeza que conseguirei reler as 7 crônicas e resenhá-las para vocês.

Em 2014 não haverá formulário. Mas todos estão convidados a participar do desafio. Para isto, basta ler ou reler As Crônicas de Nárnia e resenhar uma em cada mês.

Aproveite e curta a página do desafio no Facebook!


Retrospectiva Literária 2013 + Expectativas para 2014

Em 01.01.2014   Categoria: Livros, Pessoal

Mais uma vez fazendo o post de retrospectiva literária no final do ano. Não alcancei a minha meta nem de longe, mas sei que 2014 será melhor já que não terei mais faculdade para me preocupar!

O que eu li em 2013 (confira as resenhas também!):


» A Bailarina Fantasma – Socorro Acioli {resenha}
» A Culpa é das Estrelas – John Green {resenha}
» Cordeluna – Élia Barceló {resenha}
» O Livro de Julieta – Cristina Sánchez-Andrade {resenha}
» Água Para Elefantes – Sara Gruen {resenha}
» As Vantagens de Ser Invisível – Stephen Chbosky {resenha}
» 60 Contos Diminutos – Marilia Pirillo {resenha}
» Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins {resenha}
» Caixinha de Guardar o Tempo – Alessandra Roscoe {resenha}
» Romeu Imortal – Stacey Jay {resenha}
» Meu Amor, Meu Bem, Meu Querido – Deb Caletti {resenha}
» 2083 – Vicente Muñoz Puelles {resenha}
» O Sonho de Eva – Chico Anes {resenha}
» Silêncio – Becca Fitzpatrick {resenha}
» Do Seu Lado – Fernanda Saads {resenha}
» One Click – Richard L. Brandt
» Pense Magro – Judith S. Beck
» 72 Horas Para Morrer – Ricardo Ragazzo {resenha}
» O Rosto que Precede o Sonho – Maurício Gomyde {resenha}
» A Maravilhosa Terra de Oz – L. Frank Baum {resenha}
» Resenha: Bela Maldade – Rebecca James {resenha}
» Olho por Olho – Jenny Han & Siobhan Vivian {resenha}
» Seis Coisas Impossíveis – Fiona Wood {resenha}
» O Presente – Cecelia Ahern

24 livros – dos 93 que eu pretendia ler. Claro que metade desses não estava na lista das expectativas – li 11 da lista e outros 13 fora dela, mas relevem, por favor! haha

continue lendo

Por que ler?

Em 01.11.2013   Categoria: Livros

Esse post faz parte da proposta do Projeto Beletristas.

Projeto Beletristas

Nessa quinta postagem coletiva, a pergunta é “simples”: Por que ler? Porém a resposta é um tanto quanto complicada de ser elaborada.

Deveria ser algo muito fácil de explicar já que é algo que eu gosto tanto e que, por vários meios, tento fazer com que outras pessoas gostem disso também, mas não é. Claro que eu poderia simplesmente resumir esse post em: porque é tudo de bom, mas é algo além disso.

Ler é, realmente, tudo de bom, mas há toda uma razão para ser uma coisa tão boa. Você se transporta para outros mundos, faz novas amizades, tem novos amores e até chora com as perdas da sua nova família. É uma sensação maravilhosa poder ver o mundo com outros olhos, conhecer o ponto de vista de várias pessoas através da sua escrita e se encantar com mundos criados de uma forma maravilhosa ou até horrível, mas que de alguma forma foram criados para que os leitores pudessem fazer parte deles também.

Muitas pessoas dizem “não gostar de ler” porque foram apresentadas à literatura de forma errada – ou de forma forçada. Como ao ter que ler um livro na escola “somente” para fazer uma prova, estudar para o vestibular ou fazer um resumo (que na verdade ela pegou na internet por pura preguiça). Isso não pode ser intitulado como “não gostar de ler”, porque você pode não gostar desse gênero de literatura, mas pode se apaixonar por outros, basta encontrar o que mais combina com você, pedir indicações de outras pessoas e dar mais uma chance.

Eu não consigo imaginar como eu seria se nunca tivesse lido uma história em toda a minha vida, como eu seria pobre de conhecimento, como eu seria influenciada a fazer coisas que personagens fizeram, o que eu sonharia todas as noites sem ter um personagem presente em alguns desses sonhos, como eu decoraria meu quarto sem livros e sem pegar ideias de quartos de personagens que eu gosto tanto.

Como diria o grande George R. R. Martin:

“Um leitor vive mil vidas antes de morrer o homem que nunca lê vive apenas uma.”

Vá sempre a bibliotecas e livrarias em busca de novos títulos ou até títulos antigos, mas sempre procure aquele que combine mais com você, assim, tenho certeza, você sentirá o mesmo prazer que eu ao virar cada página.

Confira os outros blogs participantes do projeto:


» 5 das Artes
» Attraverso le Pagine
» Babi Lorentz
» Beletristas
» Literatura & Eu
» Magia Literária


Página 3 de 9123456789