Crítica: Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 1

Em 07.12.2010   Categoria: Filmes


Harry Potter e As Relíquias da Morte – Parte 1 (Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 1)
Gênero: Aventura
Direção: David Yates
Distribuição: Warner Bros.
Ano: 2010
Duração: 153 minutos
Sinopse: A primeira parte começa quando Harry, Ron e Hermione iniciam uma perigosa missão para encontrar e destruir o segredo da imortalidade e destruição de Voldemort — as Horcruxes. Sozinhos, sem a orientação de seus mentores ou a proteção do Professor Dumbledore, os três amigos agora dependem um dos outros mais do que nunca. Mas no caminho estãoas Forças das Trevas que ameaçam acabar com eles.

Enquanto isso, o mundo da magia se tornou um local perigoso para todos os inimigos do Lorde das Trevas. A guerra aguardada com temor há muito tempo já começou e os Comensais da Morte de Voldemort tomaram o controle do Ministério da Magia e até mesmo de Hogwarts, assustando e capturando qualquer um que se oponha a eles. Mas eles ainda buscam o prêmio de maior valor para Voldemort: Harry Potter. O Escolhido se tornou o caçado quando os Comensais da Morte saem em sua busca com ordens de levá-lo para Voldemort… vivo.

A única esperança de Harry é achar as Horcruxes antes de ser encontrado por Voldemort. Mas, à medida que procura por pistas, ele descobre uma lenda antiga e quase esquecida — a lenda das Relíquias da Morte. E se a lenda for verdadeira, isso poderia dar a Voldemort o imenso poder que ele tanto busca.

Harry nem imagina que seu futuro já foi decidido pelo seu passado, quando naquele dia fatídico, ele se tornou “o Menino que Sobreviveu”. Não mais só um menino, Harry Potter está cada vez mais próximo da tarefa para a qual está se preparando desde o primeiro dia em que pisou em Hogwarts: a batalha final com Voldemort.

 

Eu disse que só assistiria o filme depois de terminar de ler o livro. E fico feliz de tê-lo feito, porque, como já era de se esperar, só quem leu o livro consegue entender algumas coisas que se passam no filme e as coisas que ficaram de fora, mas que são essenciais para compreender a história.
O filme é muito bom, o melhor de todos até agora, mas esperava um pouco mais. Todo mundo dizendo que estava super fiel ao livro e tudo mais, mas não é bem assim. Alguns detalhes um tanto quanto essenciais ficaram de fora e, acredito que quem não leu o livro, ficou perdido em algumas cenas. Tive que explicar várias coisas para um cara aqui do trabalho, já que ele não leu o livro. Mas de qualquer forma, no geral, o filme é muito bom! Só acho que eles poderiam ter ido um pouco mais para frente, não precisavam ter parado onde pararam, porque a primeira parte ficou muito paradona, sem nenhuma ação e tudo mais, deixaram tudo pro segundo filme, que, espero eu, será maravilhoso.

Logo no começo do filme, mostra a Hermione (Emma Watson) com os pais dela, quando ela decide lançar o feitiço Obliviate, pra apagar a memória deles e fazer com que eles não se lembrem que tem uma filha. Achei interessante escolherem essa parte para encenarem, ficou bem mais emocionante do que no livro. Rolou uma lágrima, confesso. Já a parte da “despedida” do Harry (Daniel Radcliffe) poderia ter sido mais fiel ao livro, porque é lindo ver o desespero do Duda, e não mostrou nadica de nada no filme.
A cena dos “7 Harrys” é ótima, dá para rir bastante com os gêmeos Weasley (pra variar um pouco!). E aí eles pularam algumas cenas, como o aniversário do Harry, tanto que a Hermione fala para ele depois que eles nem comemoraram, mas, oi, no livro a Molly até faz um bolo em formato de Pomo de Ouro!

O casamento de Gui e Fleur. Harry no livro não está como Harry Potter e sim como um primo Weasley, mas eles até que conciliaram isso coloando aurores ao redor da tenda durante o casamento, “protegendo” o Harry lá dentro. Mas seria mais legal se o Harry não fosse o Harry. E o Krum nem deu as caras! Como o Harry descobriu que o Voldemort estava procurando um fabricante de varinhas se ele mal sabia o nome do cara?

A casa dos Blacks. Eles passaram 2 ou 3 meses lá e no filme parece ter sido dias. A briga com o Lupin não aconteceu. A carta que o Harry encontra no quarto do Sirius, escrita pela mãe, não deu nem sinal de ter sido lida. O Monstro sendo mais gentil com o Harry após ter contado a história do medalhão do R.A.B., não apareceu, eles formulando um plano pra penetrar no Ministério, nada… Mas tudo bem.

Então começa a jornada atrás das Horcruxes, eles mudam praticamente todo dia de lugar para dormir (dentro da barraca), e, assim como no livro, é tudo bem monótono. Mas é assim mesmo, eles ficam meses sem saber o que procurar, onde procurar, como matar… E chega a hora do Rony (Rupert Grint) partir e a Hermione entrar em depressão. Aliás, Emma e Rupert estão fantásticos nesse filme! Mesmo.

Harry e Hermione resolvem visitar Godric’s Hollow. Outra lágrima rolou nessa cena… E é aí que temos a primeira cena de ação, na casa da Batilda. Ficou ótima, mas faltaram alguns detalhes, as always. Quando o Rony volta, é quando as coisas começam a melhorar. A visita deles à casa dos Lovegood ficou bem resumida, mas a encenação do Conto dos Três Irmãos, narrada pela Hermione, ficou maravilhosa! Gráficos, desenhos e etc…

As relíquias. Acho que não ficou tão claro assim o que elas são, para que servem e a indignação da Hermione, sempre repetindo que era impossível a existência delas. Nada aparece no filme…

Então eles são capturados pelo Greyback e a cena na casa dos Malfoy está bem parecida com o livro. A hesitação do Draco ao dizer se quem estava lá era realmente o Harry Potter ou não, o encontro de Harry e Rony com Luna e o Olivaras, a Belatrix torturando a Hermione e, enfim, o Dobby, que aparece para salvá-los.
Esqueceram do Rabicho, que tem uma cena interessante no livro. Mas nada é perfeito.

A Casa das Conchas, mais uma lágrima. Ok, eu solucei de chorar, mas realmente foi a cena que mais me tocou (depois da morte do Sirius). Já não mostra muita coisa aqui, que espero que sejam encenadas na segunda parte, porque são essenciais para a continuação da história.

Voldemort. Túmulo. A Varinha das Varinhas. Fim!

Estou esperando ansiosamente (e com medo) pela segunda parte, apesar de não querer que a série acabe. Espero que eles se superem de vez e tragam algo totalmente fiel ao livro e digno de último filme.

E vocês? O que acharam?

Minha nota: 9.


  • Cáa

    Em 07.12.2010

    Eu adorei o filme, a única parte ruim foi o final. hahahahahaha
    Acho que foi a melhor adaptação de todos.
    Chorei demais na parte do Dobby, e logo depois o Dumbledore aparece também, foi tenso.

    Mas amei. haha

    x

    [Responder]

  • Carolina

    Em 07.12.2010

    Por isso que por um lado eu achei ótimo não lembrar poraticamente nada do livro. É meio chato quando você lembra de tudo perfeitamente e fica apontando o que falta, parece que você se decepciona muito mais (claro!)
    Também achei que a Emma e o Rup estão ótimos, quero MUITO a cena do beijo ._.
    Ao contrário de você, eu achei ótimo a parte em que pararam. Foi uma parte tensa e que deixa todo mundo roendo as unhas, especialmente quem leu e não lembra mais de nada, tipo eu UHAUHAUHAUHAU
    Enfim, gostei muito da critica, Juh :)

    xx

    [Responder]

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Seleção de Livros! Clique e confira.