Resenha: Água Para Elefantes – Sara Gruen

Em 19.02.2013   Categoria: Resenhas

Água Para Elefantes – Water for Elephants
Autora: Sara Gruen
Editora: Sextante
Páginas: 336
Nota: ★★★★☆

Sinopse: Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora.
Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento – o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais.
É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo.

 

Um quase-veterinário tenta encontrar uma saída para a sua vida, que acabou de ficar pior – depois da morte de seus pais, pula em um trem em movimento que pertence ao circo Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra, vê sua sorte não mudar tanto assim, mas acaba se apaixonando duplamente enquanto tenta sobreviver.

Em Água para Elefantes, conhecemos Jacob Jankowski, já idoso, vivendo em uma casa de repouso e relembrando os momentos de sua juventude em que trabalhava como veterinário em um circo. O livro vai e vem com flashbacks de Jacob jovem e da vida atual dele, dentro da casa de repouso, mas ainda apaixonado por circo. E é quando um circo chega à cidade de Jacob, que ele resolve lembrar de tudo que passou quando era mais jovem.

Dentro do circo, a função de Jacob era cuidar dos animais – mesmo ele não sendo um veterinário formado, havia estudado em uma escola renomada e esse foi o “cargo” que encontraram disponível para ele. O problema é que não é nada fácil trabalhar em um circo que não tem nada de Maior Espetáculo da Terra, só tem o maior idiota do Tio Al, que administra o circo e August, ora encantador, ora estupidamente ridículo, que “cuida” dos animais, portanto, é chefe direto de Jacob.

O maior problema que Jacob tem com August, na verdade é algo que ele vai se recusar a esquecer ou não tentar ter para si: sua esposa, Marlena, a artista domadora de cavalos. E é aí que comecei a gostar mais da leitura, nos momentos que ele tenta se aproximar de Marlena e quando August perde a cabeça. Outro ponto muito importante da história é a segunda paixão de Jacob: Rosie, a elefanta que foi comprada de outro circo que veio à falência para tentar salvar o espetáculo dos Irmãos Benzini. Rosie é sensacional, totalmente humana, inteligente e brincalhona – mas infelizmente nem todos conseguem ver isso.

Não tenho muito mais o que falar sem ser repetitiva, mas só aviso que se você está procurando um livro romântico, escolha outro, porque o foco não é esse e sim o circo e as dificuldades de ser um trabalhador/artista e etc durante as longas viagens.

Infelizmente não foi um livro que me encantou, mas não é uma leitura de se jogar fora. A escrita de Sara é impecável, ver o lado ‘não-mágico’ do circo é muito bom, mas eu me cansei em várias passagens do livro e acabava me distraindo e fazendo outra coisa. Achei Marlena sem graça e o August um cara que merecia morrer no terceiro capítulo. Os únicos personagens que me peguei querendo saber mais sobre foram Rosie, a elefanta, e Walter, o palhaço.

Agora eu já posso assistir ao filme!


  • Kelry Caroline

    Em 19.02.2013

    Oi Juh, eu to lendo o livro essa semana, e to amando. Só que as vezes tem palavras muito ofensivas tipo um “fodendo” e outras que n gostei.

    [Responder]

  • Nathália Fanti

    Em 19.02.2013

    Eu já assisti ao filme, que não me agradou tanto. Ainda mais como você falou o livro não abordo o romance e sim as dificuldades no circo… Eu preferiria se fosse o romance ><

    [Responder]

  • Aninha Lima

    Em 19.02.2013

    Parece ser muito legal, quero muito ver o filme.
    leituramagnifica.blogspot.com.br/

    [Responder]

  • Cibele Santos

    Em 19.02.2013

    Gostei desse livro, achei interessante, uma história envolvendo romance, circos, alegrias, dor, tristeza, mas também não gostei da linguagem, pra mim não combinou com o livro, e com a história, não precisava desse baixa qualidade de palavrões, o livro já é em si, bom.
    :)

    [Responder]