Resenha: Bem Mais Perto – Susane Colasanti

Em 21.08.2012   Categoria: Resenhas

Bem Mais Perto – So Much Closer
Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Páginas: 240
Nota: ★★★☆☆

Sinopse: Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele.

 

Aprendi a não ler mais sinopses e acho que isso é bom, já que não sei nada do que irá acontecer na história. Por outro lado é ruim, porque talvez passaria outros livros na frente, mas no final teria que ler todos.

Esse livro é médio. Não é uma história surpreendente, mas também não é tão clichê assim. Acho que o fato de se passar em Nova York perdeu alguns pontinhos comigo e ao mesmo tempo ganhou, já que pude ver a cidade pelos olhos de alguém que ficou fascinada com tudo por lá, algo que infelizmente não aconteceu comigo.

Bem Mais Perto nos traz a história de Brooke, uma menina super hiper mega inteligente e apaixonada por Scott Abrams. Apaixonada não, ela tem certeza que eles pertencem um ao outro e nada vai fazer mudá-la de ideia. O “único” problema é que eles nunca se falaram e ela não tem a menor ideia se ele se sente assim também. Acontece que no dia que ela resolve contar tudo para ele, ele acaba dando uma notícia ruim: vai se mudar no último ano do colégio para Nova York por causa do trabalho do seu pai.

Brooke vê seu mundo se despedaçando, mas logo arranja uma forma de não perder o homem da sua vida: ela se muda para Nova York também! Ela tem essa opção porque seu pai mora lá (seus pais são separados) e seria uma ótima oportunidade de passar mais tempo com ele, além de finalmente realizar seu sonho de morar na cidade.

Como obra do destino, Brooke consegue escolher a mesma escola de Scott, além de ser praticamente vizinha dele e ter uma aula com ele – sentando em dupla com ele. Eles vão se aproximando conforme os dias passam, mas ao mesmo tempo Brooke vira amiga de Sadie, que a convence a participar das monitorias da escola, onde ela acaba conhecendo John, que é muito inteligente, mas tem problema em passar tudo para o papel. Os dois viram grandes amigos dela quando ela se vê sem suas melhores amigas April e Candice, que ficaram em Nova Jersey e vão perdendo o contato conforme os dias passam.

Como já era de se esperar, Brooke consegue conquistar Scott, mas não do jeito que ela tanto sonhava. E agora? Ela mudou de cidade por causa dele, reuniu toda a coragem que tinha para se declarar a ele, conseguiu que ele a beijasse, mas nada é como ela esperava… Deixar tudo isso para trás ou continuar levando? Afinal, ela tinha tanta certeza de que eles pertenciam um ao outro…

Dei 3 “coraçõezinhos” porque achei a história meio sem graça e a protagonista muito cabeça oca. Ela tem um QI super elevado, mas parece que não percebe ou quer parecer burra, não sei. Você achar que alguém é sua outra metade sem ao menos ter trocado mais de cinco palavras com ela também não faz muito sentido pra mim… E o fato dela não perceber o que acontece ao seu redor irrita demais. MAS eu me vi muito nela em algumas partes, por isso não dei menos corações.

Acho que a história poderia ter sido melhor construída e concluída, mas a narração é boa e é um livro que você lê rapidamente porque ele é bem leve.


  • Michelly Melo

    Em 21.08.2012

    Oi Juh! Eu gostei bastante a sua resenha. Parece ser um livro bem interessante. Sem contar que eu me apaixonei pela capa. É linda. *-*
    Beijos,
    Mih.

    [Responder]

  • thanny

    Em 21.08.2012

    Eu sempre evito ler as sinopses, mas como sempre me deparo com as resenhas, não muda muita coisa na hora de influenciar minha leitura. Esse livro para meio clichê e de cara, já não gostei muito da protagonista… o que o amor não faz com as pessoas, né? Não é uma leitura que daria prioridade no momento.

    Beijos,
    whosthanny.com

    [Responder]

  • Flavinha

    Em 21.08.2012

    Oi Juh!

    Não gosto muito de personagens cabeça oca, prefiro as personagens femininas fortes e decididas. Esse livro não me chamou a atenção e pelas resenhas que eu tenho lido, acho que vou passar.

    Beijinhos

    [Responder]