Resenha: Bruxos e Bruxas – James Patterson

Em 05.04.2014   Categoria: Resenhas

Bruxos e Bruxas

Bruxos e Bruxas é o primeiro livro da série “Bruxos e Bruxas” e o segundo livro que leio do James Patterson, bem diferente do primeiro (que foi O Diário de Suzana para Nicolas), de um gênero totalmente diferente e também que contou com uma participação para escrevê-lo de Gabrielle Charbonnet. Uma história de mistérios misturada com algo parecido com distopia e que estava bem animada para ler.

 

Em Bruxos e Bruxas conhecemos Whit e Wisty Allgood, irmãos recém-acusados de praticarem bruxaria. Em uma noite comum, a casa da família Allgood é invadida pelo regime da Nova Ordem – um novo “governo” que comanda o país (lê-se: distopia). Sem entenderem nada do que está acontecendo, os irmãos são levados para um local tipo uma prisão apenas com a roupa do corpo, uma baqueta e um caderninho que seus pais lhe entregaram antes de serem arrastados para fora de casa.

Bruxos e Bruxas

Não dá para saber exatamente por que eles estão sendo presos, além da profecia que diz que dois irmãos vão acabar com a Nova Ordem e os jovens dominarão o mundo, por isso essa medida foi tomada. O problema é que eles não conseguem acreditar que são bruxos, porque acreditam fielmente que são crianças normais – apesar de Wisty ter ficado em chamas momentos antes de ser arrastada de casa… As coisas vão se clareando conforme a história vai desenrolando, mas muitas perguntas ficam sem ser respondidas nesse primeiro volume da série.

Os capítulos são alternados em primeira pessoa, ora na voz de Whit, ora na de Wisty, e parece que cada um foi escrito por um autor – o que talvez explique a falta de conexão entre o final de um e o início do próximo. Seja qual for a justificativa, senti falta de capítulos que fluíssem com mais facilidade e me deixassem com vontade de ler um atrás do outro sem parar.

Bruxos e Bruxas

Os momentos dos irmãos na prisão são bem intensos e, apesar de prever que as coisas provavelmente darão certo no final, rolam algumas dúvidas se os irmãos serão fortes o suficiente para passar por cima dos obstáculos para conseguirem se libertar e encontrar seus pais.

Realmente espero que os próximos volumes sejam melhores, porque muita coisa ficou sem ser explicada e não fiquei com tanta vontade de continuar a série, mas darei uma chance para tentar entender os “mistérios” da Nova Ordem e de toda essa bruxaria.

Bruxos e Bruxas – Witch & Wizard
Páginas: 288 Editora: Novo Conceito Nota: ★★★★☆


  • Flavinha

    Em 05.04.2014

    Tenho muita vontade de ler esse livro. Sou uma apaixonada por literatura fantástica. Mas sinto que quando começar vou me chatear justamente pelo fato da falta de fluidez entre um capítulo e outro, tenho visto essa observação em várias resenhas. Aí ele vai ficando e ficando…

    Beijinhos

    http://www.chatadoslivros.blogspot.com.br

    [Responder]

  • Babi Lorentz

    Em 05.04.2014

    Juh, até agora não entendi como o James Patterson conseguiu trabalhar com autores diferentes em cada livro. Tenho sentido uma diferença imensa na narrativa de um pro outro. O primeiro foi bom, o segundo nem tanto. O terceiro melhorou um pouco, mas não sei mesmo o que pensar dessa série como um todo. :S

    [Responder]

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Seleção de Livros! Clique e confira.