Resenha: Obsessão – Maya Banks

Em 18.03.2014   Categoria: Resenhas

Obsessão

Obsessão é o primeiro livro da trilogia Breathless, lançada no Brasil pelo selo Quinta Essência da editora LeYa. Recebi a trilogia por conta da parceria do blog com o projeto LeYtoras e acredito que não teria melhor livro para estrear as resenhas dessa parceria do que esse.

Essa resenha não é recomendada para menores de 18 anos.

 

A trilogia traz três melhores amigos e sócios de uma empresa, Gabe, Jace e Ash e cada livro foca na história de um deles.

Em Obsessão conhecemos Gabe Hamilton, o mais reservado dos três amigos e que, após passar por um casamento traumático (e o divórcio), tem uma espécie de contrato para as mulheres com quem se envolve, para proteger a ambos. Ele está acostumado com relações desse tipo, superficiais e totalmente submissas pela parte das mulheres, mas não estava em seus planos se envolver com quem não deveria.

Do outro lado temos Mia Crestwell, irmã de Jace, uma garota que trabalha em uma confeitaria, divide o apartamento que seu irmão lhe deu com sua melhor amiga, Caroline e tem uma paixão platônica (e secreta) por Gabe desde mais nova. Ao aparecer de surpresa em um coquetel da empresa de seu irmão, para surpreendê-lo, vestida de forma irresistível e atraindo olhares de todos os homens presentes, Mia se vê nos braços de Gabe protegendo-a como se fosse sua irmã mais nova, mas com segundas intenções. Após levar Mia até a varanda da festa, Gabe não resiste à tentação e a beija, resistindo aos perigos que uma provável relação com a irmã mais nova de seu melhor amigo possa trazer.

Gabe pede a Mia que vá até seu escritório para oferecer-lhe uma proposta. Ele entrega à ela um contrato e pede para que leia com calma e assine se concordar com tudo. Confesso que fiquei um tanto com raiva de Mia por ela aceitar todas aquelas coisas descritas no contrato e não enfrentar Gabe dizendo que aquilo era ridículo e que ela não era qualquer uma, mas sim alguém que ele conhecia há muito tempo, além de ser irmã de seu melhor amigo. Mas ok, acho que o resto do livro seria muito diferente se a resposta dela fosse essa.

Sim, Mia resolve assinar o contrato e, com isso, se entregar a Gabe. Ele a contrata como assistente pessoal, apenas para poder ficar mais tempo com ela e tentar não levantar tantas suspeitas pela parte de Jace. E então a loucura começa: Gabe é totalmente dominante e Mia é submissa a ponto de fazer coisas que ela nem pensava, mas acaba se sentindo confortável com Gabe e o obedece em todos os momentos.

Para mim foi um choque ver cenas tão explícitas em um livro (só tinha visto algo parecido em fanfics, me julguem), então só conseguia ler esse livro se estivesse sozinha (comecei a lê-lo no avião e logo desisti). Apesar disso, as cenas são muito bem construídas e apesar do “nível” delas, você não consegue parar de ler até que a próxima submissão de Mia seja descrita. Foi também o primeiro livro que li no Kindle e quando fui fazer a conta de quantas páginas tinha lido, nem acreditava que já tinha lido tudo aquilo. A leitura flui muito bem.

Confesso ter ficado com medo de Jace descobrir o que acontecia com a irmã e seu melhor amigo e matar os dois, ou algo do tipo, e ficava torcendo para que Gabe se ligasse disso e tentasse evitar o contato com Mia pelo menos no escritório… Mas é claro que as coisas seriam muito mais sem graça se não tivesse todo o perigo por trás, né?

Acredito que a autora poderia ter se aprofundado mais na personalidade das personagens, porque achei bem superficial, mesmo Gabe sendo tão fechado e não querer dividir com ninguém os problemas que teve em seu casamento, os sentimentos dele poderiam ter sido um pouco mais explorados. As personagens secundárias têm suas importâncias, como Caroline, os pais de Gabe, a ex-mulher dele e até Jace e Ash – que serão os protagonistas nos seguintes livros.

Acredito que por não ter lido 50 Tons de Cinza, consegui gostar bastante da história sem precisar comparar um livro com o outro (o que vi em muitas resenhas). Esse foi o primeiro livro realmente erótico que eu li e, apesar de ser algo novo para mim, longe de literaturas fantásticas e romances água com açúcar, acredito que comecei esse gênero pela trilogia certa.

Mal posso esperar para ler Delírio!

Obsessão
Páginas: 384 Editora: Quinta Essência Nota: ★★★★☆


  • Carolina

    Em 18.03.2014

    Depois de muito pensar sobre quais livros desse gênero eu gostaria de ler, cheguei a conclusão de que deveria começar com a série (trilogia, acho) Beautiful Bastard e não me arrependi. Li em inglês e talvez por isso tenha achado as cenas explicitas menos impactantes hahahaha Eu gostei bastante, o que me surpreendeu. Ainda não li todos os livros, apenas os 2 primeiros e suas respectivas novellas.
    Essa série me irrita um pouco por causa desse primeiro livro. ODEIO essa coisa da mulher totalmente submissa ao homem, justamente por isso gostei tanto de Beautiful Bastard. Tenho interesse em ler os outros dois livros da trilogia Breathless, mas esse primeiro livro me impede, preciiiiso ler na ordem :(

    Beijo!

    [Responder]

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Seleção de Livros! Clique e confira.