Resenha: Os Bons Segredos – Sarah Dessen

Em 25.07.2016   Categoria: Resenhas

os-bons-segredos Sarah Dessen é considerada a rainha do YA (young adult), mas eu ainda não tinha lido nenhum livro dela. Quando o Livros em Série me convidou para participar da ação do novo lançamento da autora pela Companhia das Letras, aceitei na hora: gostei muito da proposta do livro e vi várias resenhas falando bem.

Os Bons Segredos é um YA muito bem escrito que nos conta a história de Sydney, uma garota de 16 anos que teve sua vida roubada quando seu irmão mais velho, Peyton, foi parar na prisão por dirigir embriagado e atropelar um garoto de 15 anos (deixando-o paraplégico). Além da ausência do irmão, Sydney tem que conviver com a falta de atenção dos pais com ela e a atenção demais que os colegas do colégio dão: ela sabe que todos eles pensam que ela é igual ao irmão, mesmo que ela nunca tenha feito nada do que ele fez nos últimos anos.

Cansada de ser invisível, Sydney resolve mudar, começando pela transferência de escola, mesmo que isso signifique deixar suas duas melhores amigas, Jenn e Margaret. Ela precisa conhecer pessoas que não saibam da sua história e não a julguem por isso.

Logo no primeiro dia de aula ela decide entrar em uma pizzaria próxima ao colégio, já que não quer chegar em casa cedo. Lá ela acaba conhecendo Mac, Layla e o pai deles. A pizzaria é da família Chatham e, apesar de não ter uma aparência muito boa, a pizza é maravilhosa. Ela descobre que Layla e o irmão estudam no mesmo colégio e já dá para perceber a amizade que nasceria dali.

Layla é uma ótima menina e amiga, ouve Sydney, não a julga e ainda a salva quando seus pais viajam e pedem que o amigo de Peyton, Ames (que Sydney tem calafrios só de ouvir o nome dele), fique com ela em casa. A amizade das duas cresce com naturalidade e Sydney finalmente se sente um pouco melhor. Ela é bem recebida pela mãe deles e pela irmã mais velha, Rosie. Além da família, Sydney também faz amizade com Eric (ex da Layla e vocalista da banda que ele tem com o Mac) e Irv, o maior cara que Sydney já viu: tanto para cima quanto para os lados.

Apesar da falta de atenção da mãe de Sydney, ela acaba encontrando refúgio com seu novo círculo de amizade e principalmente com a presença de Mac; apesar dela não poder se envolver com ele por conta da amizade com Layla, algumas coisas são inevitáveis.

O relacionamento de Sydney com o irmão mudou muito desde que ele foi para a prisão: eles simplesmente não se falam e nem se veem, já que ele não autorizou a presença dela nas visitas (a mãe vai toda semana e o pai de vez em quando). Às vezes Sydney atende o telefone quando a mãe não está e troca algumas palavras com Peyton. Mas ela não percebe que a cada frase dita a mais pode reaproxima-los, pelo menos um pouco.

O livro aborda romance, drama, umas pitadas de humor e aventura. É um clássico YA que me prendeu muito bem. Este foi o primeiro livro depois de 4 meses que consegui ler inteiro, então já é um grande ponto positivo pra ele – além de eu ter lido 200 páginas em 3 horas sentada na rede, sem nem ver a hora passar.

Muito bem escrito e com o elenco bem desenvolvido, é um livro-passatempo. A história é legal, mas não traz nada de lição de moral ou te faz ficar pensando muito nela depois que a leitura acaba, entende?. É uma leitura gostosa e ponto, não vai além disso. O que não é de todo ruim, claro!

Só uma observação: O nome em inglês faz um pouco mais de sentido do que a tradução, já que é uma passagem super gracinha do livro e tem um significado especial para a Sydney (só lendo, não vou dar spoiler).

Os Bons Segredos – Saint Anything
Páginas: 408 Editora: Seguinte Nota: ★★★★☆

Aviso legal: Este livro foi enviado pela Editora Companhia das Letras por indicação do Livros em Série para uma ação da editora.