Resenha: Silêncio – Becca Fitzpatrick

Em 23.04.2013   Categoria: Resenhas

Silêncio – Silence
Autora: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Páginas: 301
Nota: ★★★★★

Sinopse: Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe. Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece conversar com ela.
Alucinações, visões de anjos, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com sua antiga vida. A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada.
De novo.
 

ATENÇÃO! SE VOCÊ NÃO LEU SUSSURRO E CRESCENDO, ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS.

Silêncio é o terceiro livro da série Hush Hush e arrisco dizer ser o melhor (até agora). Nele, temos Nora Grey, nossa protagonista, desaparecida por 3 meses e com uma leve amnésia: ela não se lembra de nada que aconteceu há 5 meses. Quando ela acorda no cemitério e é encontrada por um policial e levada para o hospital, ela começa a saber das “novidades” que aconteceram durante todo esse tempo e uma nem um pouco boa: sua mãe está namorando Hank Millar, o pai de sua arqui-inimiga, Marcie. Ela tenta pedir para Vee, sua melhor amiga, contar a ela tudo que aconteceu nesses 5 meses, mas percebe que ela não está contando tudo que sabe e ela não tem ideia do por quê.

Nora, como era de se esperar, não vai ficar sentada pedindo respostas, ela vai se arriscar para saber tudo o que perdeu, o porquê e quem a sequestrou e “roubou” sua memória. É aí que ela acaba conhecendo Jev, um garoto bem familiar que aparece para salvá-la das mãos de alguns anjos caídos que estavam tentando fazer um nefilim fazer um juramento. “Anjos caídos?, nefilins?”, Nora parece saber o que essas “coisas” significam, mas não tem ideia de onde já ouviu essas palavras e nem de quem as ouviu. Ela tenta arrancar as respostas de Jev, mas ele se limita a dizer somente o superficial.

“No final, a única coisa entre nós era o silêncio.” pág. 267

Vi muita gente comentando que esse livro foi desnecessário por conta da “enrolação/repetição” da história e eu discordo. Pra quem leu Crescendo há um bom tempo (como eu), foi bom relembrar de tudo e ter Patch reconquistando Nora novamente. Gostei da volta, mesmo que breve, porém muito importante, de Scott e suas piadinhas provocadoras. Achei Vee totalmente insuportável (não mais que em Crescendo) e Nora bem mais madura, apesar de toda a coisa de amnésia.

Becca trouxe muita aventura e suspense nesse terceiro livro e colocou o ponto final na hora mais t-e-n-s-a da história, para nos deixar com vontade de matá-la e querendo abrir Finale na mesma hora. Bem, pro meu azar, eu ainda não tenho Finale (podem me presentear com ele, obrigada <3), então não sei quando terminarei de ler essa série, mas estou super contente com o ritmo que ela está levando e espero que o desfecho não me desanime.


  • Gladys Sena

    Em 23.04.2013

    Ah não curto essa temática sobrenatural…
    Essa série tem vários fãs e já vi vários comentários positivos.

    [Responder]

MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Seleção de Livros! Clique e confira.