Resenha: Três coisas sobre você – Julie Buxbaum

Em 16.02.2017   Categoria: Resenhas

três coisas sobre você Após ler mil e uma resenhas desse livro, baixado no Kindle e tentado começar diversas vezes, finalmente li Três coisas sobre você. Foi o meu primeiro livro lido em 2017 e não poderia ter pedido por uma história mais leve para iniciar a leitura do ano.

Conhecemos Jessie Holmes, uma garota de 16 anos que perdeu a sua mãe para o câncer há 735 dias e, como se isso não fosse muita coisa, precisa lidar com a mudança de cidade, casa e escola. Seu pai se casou com Rachel, uma pessoa muito rica e resolveu que seria uma boa ideia se mudarem para a casa dela em Los Angeles. O que Jessie não esperava era encontrar uma mansão, Theo, seu novo “irmão” que não poderia ser mais indiferente com a existência dela e Wood Valley, a escola lotada de “filhinhos de papai” e meninas maldosas que ela começaria a frequentar.

Além de tudo não é nada fácil ficar longe de sua melhor amiga, Scarlet, principalmente quando Jessie começa a sofrer bullying por aquele típico grupinho de “meninas malvadas” e não tem a quem recorrer para pedir um pouco de ajuda. Até que um e-mail surge em sua caixa de entrada de um tal de “Alguém Ninguém” (AN). Ele aparece para dar algumas dicas de sobrevivência na Wood Valley à Jessie, como quem evitar, com quem falar e etc.

É por meio dessas dicas que Jessie tenta iniciar uma amizade com Adriana – que dá super certo e, para complementar o grupinho, torna-se amiga também de Agnes – e, juntas, conseguem fazer com que Jessie enfrente melhor um dia após o outro. Além das duas Jessie consegue um emprego em uma livraria pequena da cidade (Atenção, Lombadas!) e divide alguns horários com Liam, o filho da dona da livraria, parte da banda da escola e paixão platônica de Dri.

Além de Liam, Jessie começa a ter contato com Ethan por conta de um trabalho em dupla que a professora fez questão de passar e coloca-la com ele. Não que Ethan seja uma pessoa ruim, o problema é que ele é super popular, todas as garotas babam por ele e sequer um olhar amigável foi trocado entre os dois. Mas Jessie insiste em tentar quebrar o gelo e acaba descobrindo uma pessoa muita divertida e ótima companhia para os cafés no período da tarde.

Jessie divide seus dias entre a realidade e o mundo virtual com a troca de mensagens com AN e tenta lidar com a curiosidade de saber quem é essa pessoa misteriosa. Como ele insiste em não se encontrarem, começam a ficar mais íntimos através da brincadeira “três coisas”, em que trocam três curiosidades sobre eles para o outro. Mas uma hora esse mistério todo precisa acabar, né?

“AN: vou lhe dizer mais três coisas:
(1) gosto de música, livros e videogames mais do que de pessoas. elas me deixam sem jeito.
(2) quando era pequeno, eu dormia com um cobertor que eu chamava… espera aí… de Cobertor, e tudo bem, ótimo, eu durmo com ele até hoje.
(3) há um ano eu era uma pessoa totalmente diferente.

Torna-se bem óbvio quem está por trás desse “codinome”, porém a forma que descobrimos juntos com Jessie é bem engraçada e deu um ar mais divertido para a revelação do que um simples encontro “às escuras”. É bem legal acompanhar o crescimento da personagem e a construção do enredo ao redor dela. Aquelas crises e problemas de adolescente são bem retratados e a leitura segue bem leve durante o livro todo.

Este livro não é para todos, mas se você tiver entre 14 e 17 anos, acho que gostará bastante do que irá encontrar pelas páginas. Eu mesma gostei (com 26 anos haha) e recomendo se você estiver procurando algo bem leve para ler de uma só vez.

Três coisas sobre você – Tell me three things
Páginas: 288 Editora: Arqueiro Nota: ★★★★☆