Resenha: Um Lugar Para Ficar – Deb Caletti

Em 30.10.2012   Categoria: Resenhas

Um Lugar Para Ficar – Stay
Autora: Deb Caletti
Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
Nota: ★★★★☆

Sinopse: O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante…
 

 

Sinceramente não sei como escrever essa resenha sem relacionar com minha vida pessoal. Já escrevi isso aqui três vezes e apaguei porque em vários momentos fiz essa conexão, mas essa resenha final é somente sobre o livro, não se preocupem.

Em Um Lugar Para Ficar somos apresentados à vida de Clara Pea, uma menina que se apega às pessoas e é muito amiga de seu pai, Bobby Oates, um famoso escritor, já que sua mãe faleceu quando ela era pequena. Ela está em uma cidade com seu pai “escondidos” de todos os conhecidos por causa de um garoto em especial, o ex namorado de Clara, Christian.

Christian é um garoto lindo, pelo qual Clara se apaixonou perdidamente a ponto de ficar cega, de verdade. Ele é maluco, daqueles casos de você temer o dia em que pensar em terminar com ele por receio do que ele é capaz de fazer. E foi exatamente isso que aconteceu: esse belo dia chegou e o medo de Clara foi tanto que ela e o pai resolveram se mudar e não contar a ninguém, nem à melhor amiga de Clara, Shakit – eles realmente desapareceram.

Bob aluga uma casa na praia, na cidade de Bishop Rocks e, apesar de ser difícil para ele ficar ali, ele faz isso pela filha, para vê-la se recuperar de tudo que aconteceu.

Acontece que Christian é insano e ele consegue até o novo número do celular da Clara e a assusta toda vez que liga para ela e ela ignora. Ela tenta viver uma vida normal arranjando um trabalho no Farol da cidade com a italiana Sylvie e tenta fazer novas amizades, começando por Finn, um marinheiro que junto de seu irmão, Jack, fazem passeios de barco diariamente para os turistas. Além de Cleo, irmã dos meninos, que cuida de uma lanchonete no píer.

Algo diferente que gostei bastante e me lembrou fanfics são as notas de rodapé da própria Clara. Talvez tenha gente que se irrite, mas achei legal, isso me fez entrar ainda mais na história.

Muitos segredos são revelados ao decorrer do livro, que é narrado por Clara e intercalado em passado (quando ela conheceu/namorou Christian) e o presente. Gostei muito da leitura pelo tema central ser “obsessão” e quase ninguém tratar disso, até porque tem gente que acha que isso é exagero, mas, não, não é, e posso apresentar milhões de casos para vocês.


  • Babi Lorentz

    Em 30.10.2012

    Casos de obsessão são mesmo reais. Eu sei de vários também, mas não me senti ligada à narrativa (e nem terminei de ler o livro). Simplesmente não gostei do livro. O meu personagem preferido foi o pai da Clara e só tenho mesmo isso a dizer sobre o livro (e foi esse que eu levei pra sua casa, lembra?).
    Beijos.

    [Responder]

  • Amanda Faustino

    Em 30.10.2012

    Acho que vou gostar desse livro, gostei da história. Morro de medo de um dia namorar com um cara assim, vejo aqueles casos na tv e fico com medo, rs.

    Beijos,
    Mandi – Book and Cupcake.

    [Responder]

  • Adriana Balreira

    Em 30.10.2012

    Já tinha visto esse livro nos outros blogs mas não sabia que a temática era sobre obsessão. Esse tema como vc mesmo disse não é muito explorado mas bastante comum. Deve ser muito bom de se ler. A capa é linda. Dá uma calma. Eu gosto de um livro que a capa me agrada.
    Beijos
    Adriana

    [Responder]

  • Thaila Gabriela

    Em 30.10.2012

    Eu havia visto esse algumas resenhas sobre esse livro e achei muito interessante. Acho que é bem legal quando uma história de um livro fala de temas que realmente existem, mas que às vezes achamos que é besteira o que nunca vai acontecer. Eu quero muito ler esse livro, eu já quase comprei só que desisti. Com a sua resenha só fiquei mais curiosa a respeito do livro.
    Bjos.

    [Responder]

  • Gisele

    Em 30.10.2012

    Tema polêmico, adorei a resenha, deu até um aperto no coração, imagina ler o livro. Quero já!!!

    [Responder]

  • Kelry Caroline

    Em 30.10.2012

    Muito legal, quero comprar o mias rápido possivel kkkk;

    [Responder]

  • Ariana Alves

    Em 30.10.2012

    Até onde uma pessoa pode chegar por “amor”
    Não é nda fácil conviver com o medo, se sentir presa e sufocada em um relacionamento.

    [Responder]