Resenha: A Vida na Porta da Geladeira – Alice Kuipers

Em 18.12.2015   Categoria: Resenhas

a vida na porta da geladeiraA Vida na Porta da Geladeira é um livro bem curto, escrito todo em forma de bilhetes e cartas, mas tem um tema tão bonito e tão profundo que, mesmo podendo ler bem rápido, você acaba se emocionando e querendo conhecer mais a fundo essas duas mulheres.

O livro conta o relacionamento entre uma mãe e uma filha. A mãe é médica, quase nunca está em casa e se recusa a ter um celular, por isso, a forma que encontra para manter contato com a filha é por meio de alguns bilhetes que são deixados na porta da geladeira. Esses bilhetes não são apenas lista de compras ou lembretes. São também conversas entre mãe e filha. Conversas que não podem ser adiadas e que, como não acontecem cara a cara por causa da falta de tempo das duas, acabam indo parar na porta da geladeira.

Claire, a filha, não é uma pessoa rebelde. Pelos bilhetes, percebemos que é uma adolescente de 15 anos normal. Ela estuda, torce para ir bem nas provas, espera por bilhetes de “boa sorte” da mãe, tem amigos, está começando a se relacionar com um garoto mais velho e acaba tendo alguns momentos de nervosismo por descordar de alguma coisa que sua mãe diz. Mesmo assim, é fácil perceber que sua mãe se orgulha em ter uma filha como ela. A mãe, mesmo que ausente, acaba tentando se fazer presente pelos bilhetes.

É por esses bilhetes que sabemos que Claire é filha de pais separados e que também acabamos por saber alguns problemas pelos quais sua mãe está passando. São esses problemas que fazem o livro ter um ensinamento tão bonito. É um exemplo de um bom relacionamento entre mãe e filha, mesmo que em alguns momentos elas tenham passado por coisas chatas e pelas quais ninguém deseja passar.

Li tão rápido que não imaginei que o livro fosse me tocar tanto. Não pensava mesmo que eu pudesse parar para pensar sobre mim e sobre meu relacionamento com meus pais de forma tão profunda apenas por causa de um livro escrito em forma de bilhetes com um pouco mais de 200 páginas. Recomendo para todas as pessoas, principalmente para adolescentes que acham que são o centro do mundo. Com certeza, dá pra mudar bem a forma de pensar sobre a vida.

A Vida na Porta da Geladeira – Life on the Refrigerator Door
Páginas: 226 Editora: Martins Fontes Nota: ★★★★☆


MyFreeCopyright.com Registered & Protected

Seleção de Livros! Clique e confira.