30 de Junho: O dia em que eu decidi mudar

Esse post é 100% pessoal. Passe para o próximo caso não tenha interesse.

Eu não sei quantas vezes já falei “dessa vez vai”, “vou conseguir”, “não vou desistir” etc etc etc…

countingdays

Mas a questão é que em algumas dessas vezes eu realmente comecei a mudança, mas fui desistindo no meio do caminho. Outras vezes simplesmente falei da boca pra fora e não fiz absolutamente nada. Só que dessa vez será diferente… Dessa vez é para mudar de vez, sem voltar atrás; e estou bem confiante de que dará certo.

 

Sim, o primeiro passo a mudar com certeza é estético, porém tem muito a ver com a saúde. Esses últimos dias estava muito mal, sem vontade de fazer nada e pensando sobre diversas coisas. Comecei a olhar algumas fotos “antigas”, comparando com as atuais, me olhei diversas vezes no espelho, pensei em várias besteiras e resolvi dar um basta. Ninguém merece “sofrer” por motivos tão tolos e fáceis de serem mudados.

Eu não aguento mais me olhar no espelho e chorar, não aguento mais trocar mil vezes de roupa e nenhuma ficar boa, me olhar nas fotos dos outros e querer morrer, não aguento mais a minha própria tpm/mau humor e, principalmente, não aguento mais tanta cobrança vinda de todos os lados “vai ficar nesse emprego para sempre?”, “vai morrer com essa faculdadezinha no currículo?, “vai casar quando?”, “vai juntar dinheiro?” etc etc etc. Sabe, quem sabe da minha vida sou eu e eu não aguento mais ouvir tantas críticas de pessoas diferentes sobre assuntos praticamente idênticos. Então, sim, vou mudar, mas vou mudar por e para mim.

do-whats-best-for-yourself

Sei que se não procurar ajuda externa não vou conseguir fazer o que quero e vou acabar desistindo novamente. Então, montei uma lista de coisas para fazer (que vou atualizar constantemente, tanto a “to do” quanto a “done” (espero eu)):

TO DO:

Agendar consulta com uma psicóloga.
Agendar consulta com uma nutricionista.
Marcar consulta com dentista.
Voltar a fazer o Jillian 30 Day Shred (preciso me exercitar mais dias na semana).
Procurar cursos de programação.
Informar-se sobre o processo de imigração do Canadá.

DONE:

Marcar oftalmologista (semana passada fui em uma, mas não confiei muito nela, então vou passar em outro para ter certeza – provavelmente terei que usar óculos, mas o grau que essa me passou achei um exagero);
Iniciar aulas com personal trainer (já estou há um mês fazendo aula uma vez por semana com meu pai e minha irmã).

E é isso, o dia de hoje se tornou o dia oficial da mudança e conto com toda a minha própria motivação e incentivo para fazer dar certo. Se puder contar com vocês nessa “torcida”, será ótimo também :)

Make things happen

7 comentários Adicione o seu
  1. Oi Juh, to meio deprê justamente por causa disso, das desistências pelo meio do caminho. To até sumida do meu blog, ando tão desanimada que até as coisas em casa quem está fazendo é o marido acredita?

    Make things happen deveria ser uma hashtag o que vc acha? Assim quem está desanimadinha poderia acompanhar as conquistas de quem está tentando mudar. Se isso virar um projeto, eu to dentro. Tô mesmo precisando dar um up em muitas coisas na minha vida.

    E tenha força, não desiste não! Tõ torcendo por você!

    Beijinhos

    [Responder]

  2. To bem feliz de ver esse post, não por você decidir mudar e tal, mas por decidir isso por você. Você sabe que eu tenho o mesmo problema de comçar / parar/ começar / parar, e há algumas semanas atrás decidi por mim fazer as coisas darem certo, porque EU achava desaforo o fato de me empenhar tanto para estudar e trabalhar e não levar isso para a minha saúde.

    Fico feliz por você estar feliz, estarei aqui sempre na torcida para que tudo dê certo =)
    Eu tenho usado esse RPG aqui https://habitrpg.com que é tipo uma lista de coisas para fazer / missões para você mesmo e você ganha pontos e seta recompensar, to até para fazer um post no não vale sobre ele :)

    [Responder]

  3. Juh!

    Ando no mesmo barco que você. Tem horas que estou bem, ma tem horas que estou muito mal. Cansei, decidi dar um basta, e voltei para a academia. Não consigo ir todos os dias, mas tenho ido pelo menos 3 vezes na semana, e isso já é muito bom. Preciso agora controlar a minha boca (que não tá facil não).

    Falando em fácil, não é não, viu? E eu te admiro muito por não desistir totalmente, porque sei que vamos conseguir Juh! Bora colocar esse “xuxus em forma” na prática, além de correr atrás de todos os nossos sonhos!

    Beijão,
    May :*

    [Responder]

  4. Também tenho muito problema em começar a fazer as coisas e acabar desistindo, ou só pensar em fazer mesmo. Já pensei mil vezes em fazer o que você está fazendo agora, mas não conseguiria sozinho. Digo que não conseguiria pq tinha uma certa dependência de alguns “amigos”, mas hoje eu vi que alguns não iriam me retornar nada de bom e agora vou fazer por mim, nem que seja sozinho.
    Boa sorte pra gente :D

    [Responder]

  5. Já tem uma pessoa na torcida: eu.
    Vou tentar fazer daqui pra te acompanhar e te dar apoio no que precisar.
    Acho que mesmo longe, podemos tentar fazer diferente dessa vez e ver resultado… A longo prazo, mas veremos. CERTEZA! <3

    [Responder]

  6. Juh, acho que você poderia fazer mais posts sobre cinema e coisas do tipo. Música não, todo mundo fala sobre música, já ficou foi chato, mas se você falasse sobre cinema, fizesse crítica sobre os lançamentos e tal, acho que as pessoas iriam gostar, enfim, eu particularmente me interesso muito pelo assunto. Boa sorte em suas mudanças, espero que seu blog conquiste cada dia mais espaço e cresça.
    Gosto muito de você, beijo!

    [Responder]

  7. Já fazia muito tempo que eu não passava por aqui e nem em outros blogs. Com as férias pretendo me atualizar.
    Bem, fico muito feliz em ver que você quer mudar as coisas por você e não por mais ninguém. Acho que a gente tem tendência em dar tanta importância para que os outros dizem, que às vezes não vemos o que nós queremos. Tenho certeza que com sua determinação você vai conseguir chegar longe e atingir suas metas.
    Eu também quero fazer mudanças, mas acho que ainda não é a hora certa para mim. Quero esperar até eu poder ter minha independência e fazer as coisas do meu jeito. Vou acompanhar suas atualizações sempre que puder. Agora, só te desejo muita força, coragem e boa sorte. Vou estar torcendo por você.

    Bjos.

    [Responder]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *