Resenha: Beijada Por Um Anjo – Elizabeth Chandler

Resenhas • 04.01.2011  

Beijada Por Um AnjoKissed By An Angel
Autora: Elizabeth Chandler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 247
Nota: ♥♥♥♥♥

Sinopse: Ivy sempre acreditou em anjos… Quando ela conhece Tristan, descobre que ele é o amor da sua vida. Quando ele morre, seu coração está quebrado e sua crença em anjos desaparece. E sem essa crença, ela é incapaz de sentir a presença de Tristan, quando ele retorna – como um anjo. Agora, Ivy está correndo um terrível perigo, e Tristan está lutando para salvá-la. Como ele conseguirá protegê-la se ela perdeu a fé em anjos? E se ele conseguir salvá-la, ele terá terminado sua missão aqui na terra e terá que partir para sempre deixando-a para trás. Afinal, salvar Ivy seria o mesmo que perdê-la justamente quando consegue reencontrá-la?

 

7 horas. Foi o tempo que eu levei pra ler esse livro. Eu estava tão ansiosa pra lê-lo, desde que começaram as promoções de kits da editora que talvez minhas expectativas fossem muito altas pra decepção ter sido maior ainda. Já tinha lido resenhas que não falavam tão bem assim dele, mas gosto de ter a minha própria opinião, então não risquei da minha wishlist e acabei ganhando de amigo secreto da Gabi (do POP Fics). Coloquei ele na frente de todos os outros livros que eu tinha pra ler e até parei de ler “Tem Alguém Aí?” pra terminá-lo de uma vez.
 

O livro narra a história de Ivy, uma garota que tem muita fé em anjos. Ela tem várias estatuetas deles e sempre reza para os anjos ‘específicos’ (o preferido dela é o da água, já que ela tem medo da mesma) e ela acredita que eles sempre a ajudaram quando ela rezou e mais precisou dele. Ivy tem duas melhores amigas Beth e Suzanne, que em alguns momentos podem te irritar… Mas são elas que, sem querer (ou querendo), fazem com que Ivy conheça Tristan, o melhor e mais bonito nadador da escola, e o amor da sua vida.
Ele já está de olho nela há um tempo, mas não sabe como fazer com que ela note isso. Eis que ele vai trabalhar no casamento da mãe dela com o pai de um colega da escola (Gregory, que a provoca muito) e acaba conhecendo o irmão de Ivy (Philip), que se torna um meio de chegar à ela, além do incidente durante uma das aulas.

Sem mais delongas, como não seria menos óbvio, Ivy e Tristan ficam juntos, ele a ensina a nadar/perder o medo da água, faz companhia para o irmão dela (eles se dão muito bem!), faz Ivy feliz… Mas não acredita em anjos.

Um pouco depois do meio do livro, ele volta para as primeiras páginas, para as cenas do acidente de carro que Tristan e Ivy sofreram. Tristan não resiste e morre. Vira um anjo. Mas Ivy parou de acreditar neles, sempre alegando que se eles realmente existissem, não teriam deixado Tristan morrer. Ele tenta se aproximar dela para tentar consolá-la, mas parece que ela é a única que não consegue “vê-lo”.
Tristan conhece um outro anjo que, contra suas vontades, tentará ajudá-lo a fazer com que Ivy sinta sua presença. Ele não vai desistir tão fácil…

 
Achei que faltou um pouco a participação do Gregory. Pelo jeito como os acontecimentos andavam, achava que ele iria tentar romper o namoro de Ivy com Tristan ou sei lá… Não sei como será nos próximos livros.

Como a Cah disse na resenha dela, a escrita não é difícil e sim confusa. Você fica perdido em algumas partes até entender o acontecimento do momento, já que eles acontecem de forma muito rápida.

Ponto negativo: revisão e diagramação. Sem comentários quanto a isso.

Talvez um ponto de eu não ter gostado tanto assim foi a minha não-fé em Deus ou em qualquer outra coisa. Como Sussurro fala sobre anjos, mas não se aprofunda no sentido “espiritual” da coisa, achei que esse poderia seguir a mesma linha, mas não. Então, não sei. Pode ser que isso tenha “estragado” um pouco (para mim).


  • Babi Lorentz

    Em 04.01.2011

    O incrivel é ver todo mundo falando a mesma coisa sobre esses livros. Sério mesmo, não sei nem se vou querer comprar, pra te dizer a verdade. =/

    [Responder]